f Grave acidente mata 5 crianças da UPCI em Marksville em Lousiana. - UNIDA GLOBAL

ZeroHora

Grave acidente mata 5 crianças da UPCI em Marksville em Lousiana.


No último dia 03 de janeiro, membros da UPC de Marksville, Louisiana (do Pastor Eric Descant) se envolveram em um grave acidente deixando cinco mortos e sete feridos todos membros da Unida Internacional.

O acidente ocorreu na via mediana I-75 perto de Gainesville na Flórida. Um caminhão trator atravessou a rua batendo em um carro sedam atingindo a Van da igreja. Além dos cinco mortos membros da UPCI, o motorista do trator e passageiros do Sedam também morreram.

No momento do choque vários adolescente que estavam na van da igreja foram cuspidos morrendo na hora. Segundo o pastor Eric Descant a esposa não está bem, Keren Descant teve sete costela e clavicula quebrada, uma das irmas esta gravida e outra crianças não correm o risco de morte. Afirmou

"O pastor Jimmy Toney e esposa estão com o nosso pessoal quase o tempo todo desde que foram transportados para o hospital. Eles e sua igreja foram extremamente gentis nesta tragédia horrível. Por favor, ore pela cura desses ferimentos físicos. ore pela igreja e pelas famílias que foram tão massivamente afetadas por esta tragédia. Escreveu o Superintendente do Distrito Louisiana Kevin Cox.



NOTICIAS DE UM JORNAL AMERICANO

Sete pessoas foram mortas - incluindo cinco crianças que estavam em uma van com destino a Walt Disney World - em um acidente de quatro veículos na Interstate 75 perto de Gainesville na tarde de quinta-feira, disse a Patrulha Rodoviária da Flórida.
As crianças que morreram foram identificadas como Joel Cloud e Jeremiah Warren, ambas de 14; Cara Descant, 13; Brieana Descant, 10; e Cierra Bordelan, 9. O motorista da van, Amy Joffrion, de 45 anos, ficou gravemente ferido, assim como um adulto e cinco crianças passageiros, com idades entre 9 e 14 anos.
O tenente do FHP, Patrick Riordan, disse que a van estava indo para o sul da Avoyelles Parish, na área de Marksville, no centro-leste da Louisiana, para visitar a Disney World. Ele chamou o acidente de um "evento comovente".
"Este é um acidente em grande escala", disse ele. "... Nós tivemos muitas pessoas lá em cima ... muito trabalho em equipe de outras agências e do setor privado que nos ajudaram a tentar resolver essa situação."


Em um comunicado, a porta-voz da Disney, Jacquee Wahler, disse: “Não há palavras para transmitir a tristeza que sentimos por aqueles envolvidos na tragédia de ontem. Prolongamos as sinceras condolências às famílias e entes queridos afetados por este trágico acidente. ”
Uma investigação inicial determinou que a série mortal de colisões começou por volta das 15h40, quando um caminhão-reboque norte dirigido por Steve Holland, de 59 anos, atingiu um carro dirigido por Robyn Rattray, 41, de Gainesville.
Depois do impacto, ambos os veículos passaram pelo corrimão, atravessando a via mediana e entrando nas pistas do sul, atingindo a van que transportava as crianças. A van então rolou várias vezes, ejetando um “número desconhecido” de ocupantes. Desconhece-se neste momento se alguém na van estava usando cintos de segurança, disseram os soldados.
Ambos os caminhões pegaram fogo.
Holland e o outro motorista do caminhão, Douglas Bolkema, 49, do Novo México, foram mortos. Rattray sofreu ferimentos graves.
Um porta-voz do Departamento de Transportes da Flórida disse na sexta-feira que é muito cedo para dizer se o parapeito falhou, ou o impacto foi grande demais para que a barreira resistisse.
"Neste momento, nosso foco está em reabrir a estrada", disse o porta-voz Troy Roberts aos repórteres. "Essa é uma das coisas que vamos analisar nos próximos dias ... medidas de segurança que poderiam impedir que essa falha aconteça novamente".
A Associated Press contribuiu para este relatório.

Nenhum comentário